Comunicados, Matéria, Notícias, Todas Notícias

Reunião SISMI e CIS avaliam condições sanitárias

Spread the love

Em reunião realizada no dia 24/07 nas dependências da autarquia municipal CIS – Companhia Ituana de Saneamento, os gestores Cláudia Mayara dos Santos Rodrigues e Marcos Silveira Conceição Filho, pautaram com os diretores do SISMI José Flamínio Leme e Juarez Ferreira da Silva, as medidas sanitárias adotadas pela autarquia para evitar a contaminação de seus empregados e servidores públicos municipais pelo novo corona vírus – COVID-19.

José Flamínio Leme, iniciou a reunião informando que o SISMI, foi oficializado pelo Ministério Público do Trabalho da 15º Região, sobre os termos da denúncia formulada nos Autos do Processo nº 1005759-84.2016.8.26.0286 em que são apresentados fatos relativos a Covid-19.

A CIS, através dos seus representantes informaram que todas as unidades externas, seguem os mesmos procedimentos de segurança em relação a Covid-19 existente na Sede Administrativa da empresa, tendo seus servidores as mesmas comunicações e materiais para higienização e prevenção contra o vírus, além daqueles inerentes à prestação do serviço e que a CIS vem seguindo desde do início da Pandemia, todos protocolos determinados pela OMS, tendo todas as medidas acautelatórias sido tomadas para evitar qualquer contágio entre os seus empregados e servidores públicos.

Inclusive afirmaram que os servidores acima de 60 anos e as gestantes estão em teletrabalho conforme determinação do Decreto Municipal, os servidores com doenças preexistentes foram afastados através de declarações médicas e reforçaram que, caso o servidor venha apresentar sintomas da Covid-19, ou tenha tido contato com uma pessoa infectada ou reside no mesmo imóvel que alguém com suspeita, o protocolo seguido é o afastamento até que seja comprovado através de exame.

Visando a comprovação do quanto alegado e conforme solicitação do Sindicato, a Autarquia encaminhou ao SISMI, através dos Autos do Procedimento Administrativo nº426/1/2020 todos os documentos comprovando tais medidas, relatórios fotográficos, cópias das comunicações realizadas a todos os servidores através de e-mails e cartazes informativos fixados em todas as unidades, lista de presença referente as orientações dadas aos servidores, relação das entregas das máscaras de tecido e acrílicas, fotos dos refeitórios com as demarcações de distanciamento, dispenser de álcool em gel, demarcações de longarinas do atendimento presencial e todos os procedimentos de segurança, a fim de manter o distanciamento recomendado.

Os representantes do sindicato entenderam que a Autarquia está seguindo todos os protocolos e afirmaram que a denúncia foi em caráter de sigilo pelo M.P.T..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *